sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

20 de dezembro - Dia de São Louco

São loucos sãos todos aqueles que se arriscam a sair nas ruas das grandes cidades no dia 20 de dezembro.
-
A maioria entra em férias, é o último dia de pagamento da segunda parcela do 13. salário e as pessoas começam a enlouquecer querendo se aliviar do stress do ano todo indo as compras, limpando as casas para sair de férias então....  aí começa a saga de se fazer num dia o que deveriam fazer o ano todo. São todos sãos mas todos são loucos.  
Todos que saem nas ruas nesse dia para fazer compras SÃO LOUCOS.
Feliz dia de São Louco. 
Depois de confirmarem que são loucos, pegam a estrada para se assarem no sol e muitos no SOL DO SUL onde nem existe mais camada de ozônio. O sol vem sem ser filtrado. E a areia da praia some encoberta por corpos exaustos em busca de não se sabe oque. Ninguém sabe o que vai encontrar nas férias. Todos querem descansar mas ao invés de descansar, voltam descascados e um pouco mais pobre para iniciar um novo ano.
 É sempre assim. Um novo começo de algo que nunca teve início, meio ou fim.
(By Mar)

Feliz Aniversário para mim!



Antes de mim eu era um átomo vagando por esse universo sem fim e num acidente que ocorre com tudo e todos, numa hospedagem mãe eu entrei. Mãe que me ensinou a andar na Terra que me escolheu, me acolheu. Hoje 20 de dezembro é minha virada de ano. Feliz Ano Novo pra mim.  Bem longe no cosmo vou encontrar estrelas, planetas, cometas, afins, quase no mesmo ponto que a muitos anos deixei.  Valeu estar na Terra e conhecer o bom e o ruim que aqui existe. Um dia ao cosmo voltarei com mais luz talvez... e lá vou encontrar tudo que um dia para trás deixei.  Hoje sem festa ou comemoração, sou feliz olhando no além e vivendo aqui em paz com tudo e todos e desejando: Feliz Aniversário pra Mim.
(By Mar)

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Livro "5 Dias de Junho - A GUERRA NO ORIENTE MÉDIO"

Livro 5 DIAS DE JUNHO – A Guerra no Oriente Médio. Escrito por Arnaldo Niskier, Joel Silveira, Murilo Melo Filho e R. Magalhães Júnior.  Primeira Edição – Julho de 1967.

Página 30 - O Brasil tem um sério compromisso com Israel. Foi graças à atuação do Embaixador Osvaldo Aranha que a Assembléia-Geral da ONU se reuniu, a 29 de novembro de 1947, para decidir a partilha da Palestina e a consequente criação de um Estado Judeu, livre e independente. Numa linha de coerência na sua política externa, o Brasil ficou obrigado a prestigiar a existência livre e soberana do Estado de Israel.

Página 41 (Se referindo a Israel) “Sua estrutura democrática e socializada, que fez a felicidade do seu povo, prova igualmente que a democracia é ainda um regime superior, na paz e na guerra, às ditaduras militaristas.” “Os ditadores renunciam à renúncia, fanatizam os povos, mobilizam multidões que eles levaram à desgraça e à aventura de uma guerra, mas que assim mesmo vêm depois para as ruas exigir a sua permanência no poder. Assim foi com Hitler, Mussolini e Perón. Assim seria também com Nasser, esse novo tigre de papel".
Página 45 “Não há guerra decisiva e final. O entendimento só se produz pelo respeito aos tratados e nunca à força” (General Moshe Dayn).
Página 69 – Em Jerusalém existe uma arcada e uma muralha, que os árabes chamam EL KUDS e que os judeus conhecem pelo nome de IR HAKODESH. Nas imediações existe o DOMO DO ROCHEDO, de onde, segundo a lenda, Maomé teria saltado diretamente para o céu, numa miraculosa ascensão. A Cidade Santa dos cristãos e dos judeus também o é dos maometanos.  É o terceiro entre os mais importantes santuários do islamismo, com algumas das mais antigas mesquitas, entre as quais a que se ergue no mesmo sitio da antiga mesquita do Califa Omar.
Página 72 – Jerusalém, reconheçamos, é um ponto nevrálgico, um foco ultra-sensível, por ser uma encruzilhada mística, um berço de múltiplas religiões que se desenvolveram sobre um fundo messiânico comum. Mas, justamente por isso, israelenses e árabes deverão convertê-la no laboratório de uma grande experiência de mútua tolerância, de respeito recíproco em que cada homem possa conviver com os homens de outros credos, sem ódios, sem doestos, sem ciladas, mostrando que a sua religião foi capaz de torná-lo melhor, mais compreensivo e, acima de tudo, mais humano.
Página 83 – “O ressentido não é necessariamente mau. Pode até ser bom, se lhe for favorável a existência. Somente diante da contrariedade e da injustiça mostra-se ressentido; quer dizer, ante os transes em que se purifica o homem de qualidade moral superior. Unicamente quando o ressentimento se acumula e envenena, por completo, a alma, chega a manifestar-se por um ato criminoso, rigorosamente específico, com relação à origem do ressentimento. Eis por que são temíveis os homens ressentidos, quando ao acaso os coloca no poder, como tantas vezes acontece nas revoluções. É esta também a razão de acudirem a confusão revolucionaria tantos ressentimentos que passam a desempenhar nela papel preponderante.” Estas palavras, que Gregório Maranon escreveu no seu livro sobre o Imperador Tibério, se adaptam perfeitamente ao caso de Gamal Abdel Nasser, um ressentido filho de um modesto funcionário dos correios, da mesma maneira com também se adaptam ao caso de Hitler, um pintor frustrado.”
Página 94 – Sobre todos esses governantes do Oriente Médio, que dominam seus povos pelo terror e pela violência, e que os deixam morrer de fome e de doença, enquanto se empanturram com os milhões diários que o petróleo lhes dá, a derrota se abate agora como uma maldição; e, também, como uma ameaça. A areia do deserto ainda deve estar cegando os milhares de jovens árabes que conseguiram escapar a morte na guerra estúpida e sem motivo. Mas muitos dos que sobreviveram logo estarão novamente enxergando – e, quem sabe, enxergando melhor. Se tal acontecer, poderão ver exatamente como são ridículos na sua nudez e revoltantes no seu fausto e caprichos os homens que com um simples gesto lhes ornaram que fossem lutar e morrer numa guerra que a eles disseram ser uma guerra santa, quando na verdade era apenas mais uma guerra do diabo.
Página 100 – No Oriente Médio, Deus fez com que jorrasse das entranhas da terra uma dádiva que poderia fazer a felicidade e saciar a fome de todos que lá vivem, se a cada um coubesse uma parte dela. Mas o que era par ser de todos, ficou nas mãos de alguns poucos. Para milhões de infra-humanos do Oriente Médio, o petróleo, benção e dádiva do Senhor, se transformou numa terrível maldição. (Joel Silveira)
Página 104 – Na planície do petróleo, o território é totalmente desprovido de recursos, com o operário inteiramente sem qualificação e fraco por força da subnutrição. Dentro desse panorama, que abrange a quase totalidade do Oriente Médio – da imensa Planície do Petróleo – a ignorância e o fanatismo religioso são estimulados pelos sultões e emires, pelos reis e xeques, como uma defesa da própria sobrevivência dos seus privilégios e do seu despotismo. Há sempre que cultivar, na ignorância e na consciência anestesiada daqueles povos miseráveis, famintos e incultos, o ódio irracional por um inimigo hipotético, o rancor surdo contra abstratas forças que devem ser odiadas e destruídas para que Alá (e o seu petróleo, naturalmente) reine inatingível e poderoso na plenitude de sua glória.
Página 110 - ... Em vez de remédio, da instrução e da comida, de que milhões de árabes padecem, o que seus senhores absolutos lhes dão é a ração diária do ódio religioso e do fanatismo irracional.
“Uma reconciliação genuína, permanente, com os árabes, é do interesse vital de Israel. É vital, porque mesmo as vitórias militares mais sensacionais são prejuízo” – Arnold Taynbee.

Israel fez 12 mil prisioneiros. Na guerra das 100 horas morreram 10 mil egípcios, 8 mil jordanianos, 2 mil sírios, 679 israelenses, num sol de mais de 40 graus,  só porque Nasser queria destruir o povo de Israel.


- Muitas vezes o povo grita por uma idéia imposta por um “louco” e na maioria das vezes quando isso acontece, os inocentes pagam muito caro por isso.   
(Digitei parte do livro. É um livro muito revelador, vale a pena ser lido).

Filme O SUBSTITUTO

"Eu nunca me senti tão profundo 
e ao mesmo tempo tão alheio de mim
e tão presente no mundo"
(Albert Camus)

Foto e texto tirado do filme por mim
(By Mar)

(

terça-feira, 23 de julho de 2013

Último episódio de FRINGE.

Terceiro Capítulo 32:54 -" Há um momento para registrar a história e há um momento para fazê-la".

Quinta Capítulo 28:16 - "Não dá para se livrar da dor erguendo muralhas ao redor do coração".
                         36:27 -             "Boas notícias, as pupilas dilatam-se, com más notícias elas se contraem.
                                      "Antes de sair numa jornada de vingança cave duas sepulturas".

Décimo Terceiro Capítulo - 2:30 -" O destino pode mudar mas precisa querer mudá-lo e, mesmo assim, é preciso sacrifício".

O último capítulo reforça o propósito da série. O propósito é o AMOR.
Trata-se de mudança de destino
Trata-se de esperança
E proteger nossas crianças.


----
Comunidade / Individualidade / Imaginação / Pensamentos particulares / Domínio / Livre Arbítrio /
Freedom - Liberdade.

As fotos eu tirei enquanto assistia a série, nada foi copiado 

terça-feira, 11 de junho de 2013

continuação... VOCÊ TEM UM ANJO DA GUARDA – Tit. Original: Do you a guardian Angel?

Pag. 101 – Muitos místicos, porém, vêem a alma humana crescendo de forma constante em conhecimento, ética e sabedoria, até que gradualmente tornam-se anjos comuns e então anjos mais e mais elevados.
“Onde uma obra nobre é feita / Onde um pensamento nobre é dito / Nosso coração em alegre surpresa / Eleva-se ao infinito”.

Pag. 106 – Sendo espíritos, os anjos se movem como a nossa imaginação – instantaneamente, tão perto ou tão longe quanto queiram, ao passado, ao presente ou futuro.

Pag. 111 – O grande filósofo de 1800, Ralph Waldo Emerson, via o Universo como uma grande câmara de eco na qual o bem que fazemos volta como um bumerangue para nós mais cedo ou mais tarde, de uma forma ou de outra – e do mesmo modo o mal. Até que todas as coisas se equilibrem.
O porta-voz número dois do cristianismo, Paulo de Tarso, afirma, “Não se iludam a si próprios. Ninguém faz Deus de bobo. Uma pessoa colhe exatamente aquilo que plantou”.
Ainda outros dizem que os problemas podem ser trazidos por “pensamento negativo”, como o ódio ou a preocupação, até que a mente subconsciente finalmente – quase de maneira sobrenatural – transforma as idéias fixas de uma pessoa em realidade.
Em contraste, aquele que pensa positivamente atrai a sorte e repele o mal.

Pag. 112 – “O espírito é como o Sol, que parece se pôr somente aos nossos olhos terrenos, mas que realmente nunca se põe, mas brilha perpetuamente”, disse Johann Von Goethe, o gigante da literatura alemã.
Pag. 113 – “Se eu falasse a língua dos homens e dos anjos, mas não tivesse a caridade, seria um bronze que soa ou um sino que toca (1 Coríntios 13:1)
Pag.114 –  Pensadores sérios como Tomás de Aquino, afirma que a verdadeira língua dos anjos é uma troca de pensamentos sem palavras – “iluminação”.
Pág. 123 – Pessoas que supostamente deixaram o corpo físico durante “esbarrões” com a morte falaram repetidas vezes a pesquisadores de experiências próximas da morte que de repente podiam pensar muito mais clara e rapidamente em seus “corpos espirituais”.
Pag. 124 – Uma mulher que esteve próxima da morte, contou ao pesquisador Raymond Moody que por um momento soube “todos os segredos das eras, todos os significados do Universo, das estrelas, da Lua, de tudo”. Este insight universal foi em imagens, sons, pensamentos e outras formas, mas ela não pode retê-los ao voltar a este mundo.
Talvez Mohammed tivesse o conhecimento celestial” em mente quando disse, “A vida é um sonho; quando morremos, acordamos”. Ou, como Jesus afirma, “Nada está oculto, que não possa ser revelado...”
Pag. 126 – Uma visão comum é que os anjos mais fortes se voltam aos mais fracos por amor, fortalecendo o intelecto deles, assim como os seres espirituais ascendem mais e mais em direção a Deus, o “Sol dos espíritos”.
Pag.128 – Qualquer que seja o censo deles, diz-se que os anjos excedem em número a nós, 4 milhões de mortais, quase como a nação Sioux excedia em número a sétima cavalaria de Custer.

Pag.130 – O “Eu Total” – Isto é, o “Eu Superior” – tem um poder e uma sabedoria mental enorme no mundo espiritual; mas como uma minúscula fração do que está disponível no corpo físico. A razão é que a alma terrena é apenas um fragmento separado desse self espiritual maior – uma lasca do antigo bloco, de acordo com esta teoria.
De fato, esse Eu Superior maior supostamente reencarna na Terra repetidas vezes como personalidades humanas limitadas para acrescentar a seu estoque sabedoria, conhecimento e ética.
Na verdade, partes desta “pequena voz calma” dentro de nós – alega-se – são algumas vezes o Eu Superior tentando se comunicar com seu eu.

( copiei o mínimo do livro tentando ter e passar o máximo proveito)

segunda-feira, 10 de junho de 2013

VOCÊ TEM UM ANJO DA GUARDA – Tit. Original: Do you a guardian Angel?

Por John Ronner – 1985 – Tradução Fátima Marques.
Pag.16“Já estamos estranhamente relacionados e até familiarizados com os anjos durante nossa vida terrena. Depois da morte, não devemos mais perguntar “Quem é você?”Devemos provavelmente gritar, no reconhecimento final: “Então era você o tempo todo”“

Pag.24 “O contrário exato do que é geralmente acreditado é muitas vezes a verdade” (Jean De La Bruyere)

“Estou bem ciente que muitos dirão que possivelmente ninguém pode falar com espíritos e anjos enquanto vive no corpo, mas, apesar disso tudo não estou dissuadido, pois eu tenho visto, ouvido e sentido”. ( Emmanuel Swedenborg)

Pag. 35 Os assim chamados espíritos “presos à Terra” estão por seus próprios estados mentais – como pessoas obcecadas ou de maus pensamentos. Algumas são criminosas, iradas, outras profundamente preocupadas com alguma coisa terrena, e ainda algumas loucas ou “neuróticas de guerra” por mortes violentas. Como o poeta puritano cego John Milton diz de Satã no Paraíso Perdido: Ele carrega o inferno com ele, em sua cabeça, onde quer que vá, e não pode fugir dele.

Pag. 63 – Numa carta ao Corintios, Grécia, Paulo de Tarso escreveu: “E semeando um corpo animal, ressuscita um corpo espiritual. Como há um corpo animal, há também um corpo espiritual.” (Coríntios 15:44)

Pág. 76 – O suicídio, porém, causa experiências muito desagradáveis, e os sobreviventes que quase morrem virtualmente com unanimidade dizem que acabar com a própria vida é um erro tremendo. Alguns suicidas relatam que seus problemas atormentadores foram meramente transferidos para o mundo espiritual e talvez até intensificados

Pág. 99 – Finalmente, damos a últimas palavras ao Alcorão: “Quando um homem morre, os que sobrevivem a ele perguntam que propriedade deixou atrás de si. O anjo que se inclina sobre o homem morto pergunta que boas ações ele propagou à frente de si”.

Como os Anjos Pensam?
– Os anjos precisam de menos conceitos mentais para entender o mundo do que nós – assim como um gênio tira mais conclusões dos mesmos fatos que um estúpido.
Pense em Newton, por exemplo. Quando a lendária maçã caiu em sua cabeça, ele não disse, como teríamos dito, “Lá vai outra maçã”.  Entendendo muito, muito mais a partir deste simples fato, sua mente de gênio alcançou a lei da gravidade.
Como o autor Daphne Mould afirma, “Quanto mais elevado um anjo, menos conceitos precisa para entender o mundo.

Pag. 100 “... Os anjos, na plenitude do ser, são tão diferentes entre si quanto um Universo é distinto de um outro” como Pic-Raymond Regamy afirma.
Mas existem dissidentes, como o famoso filósofo escocês de 1200 Duns Scotus (de cujo nome veio a palavra “dunce” (estúpido), que pensava que todos os anjos pertencem à mesma espécie.

Um último pensamento de Johm Adams, da América: “A natureza, que estabeleceu uma cadeia de seres... descendo desde os anjos até os animais microscópicos, ordenou que nenhum ser seja perfeitamente semelhante ao outro, e que nenhuma criatura seja perfeitamente igual a outra.”

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Frases do Filme A VIAGEM - Cloud Atlas - 2012

Frases do Filme.

"Nossas vidas não são realmente nossas. Do útero ao túmulo, estamos conectados a outros. No passado e no presente. E... com cada crime e a cada boa ação, traçamos nosso destino."
-
Você detêm poder sobre as pessoas, desde que lhes dê algo em troca. Tire algo dessa pessoa e ela não estará maios em seu poder.
-
Crenças como o medo, o amor, são forçadas a serem entendidas, se entendêssemos a teoria da relatividade e princípios da incerteza > Fenômenos que determinam o curso de nossas vidas.
-
Ontem minha vida estava indo em uma direção. Hoje está indo em outra. Ontem eu acreditava que jamais faria o que fiz hoje. Essas forças que frequentemente refazem o tempo e espaço, elas podem modelar e alterar quem nós imaginamos ser, começam muito antes de nascermos e continuam depois que perecemos. Nossas vidas e nossas escolhas, como trajetórias quânticas são entendidas momento a momento em cada parte de intersecção, cada encontro, sugerindo uma nova direção em potencial.
-
1:45:39 - Não, os mortos nunca devem permanecer mortos. Abra seus ouvidos e eles nunca vão parar de tagarelar.
-
2:00:27 - Agora eu entendo que existem limites entre ruido e som. (As convenções). Todos os limites são convenções, esperando para transcender. Um pode transcender a qualquer convenção de apenas um puder conceber primeiro a fazê-lo.
-
2:02:54 - Por que continuamos cometendo os mesmos erros constantemente....
-
A primeira regra de um livro é o suspense. Uma boa  pista sempre leva a outra pista.
-
2:25:46 - Ser, é ser percebido. Então para conhecer a si mesmo só é possível através dos olhos dos outros.
-
2:31:54 - Acredito que há outro mundo esperando por nós. Um mundo melhor.
-
2:40:51 O que é o Oceano senão uma multiplicação de gotas.
-

(assisti ao filme, copiei as frases. Não colei nada de outro blog)

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Frases de sabedoria.

"A vida é um quebra cabeça onde faltam muitas peças. Há graça jogar. Há incidente de minutos que mudam nossa vida, mais que um ano inteiro. Pode murar para pior, mas também para muito melhor". (Ana Perwin Fraiman)
--------
"Morrem os avós, morrem os pais, morremos nós, morrem nossos filhos, morrem nossos netos. A ordem é esta" Carlos Marinho compara a morte com aquele avião que vai embora sem nós.
---------
"Se alguma vez descobres que olho para teus olhos e um veio de amor reconheces nos meus, não penses que delira, pensas somente que podes contar comigo. Se outras vezes me encontras zangado sem motivo, não penses que é fraqueza. Assim mesmo podes contar comigo. (Mario Benedetti).