sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Telefone convencional com identificador de chamada.

Quem fez a montagem do aparelho do lado direito?  Impossível funcionar, correto?

O cabo flat do aparelho da esquerda está posicionado correto, o da direita ficou invertido. No caso foi reduzido o tamanho da placa e como não tinha outro jeito de instalar a campainha, torceram o cabo flat.


Ha uns dois anos atrás meu primeiro aparelho KEO K 302 começou a estralar como se tivesse fritando, como não tem reciclagem coloquei numa caixa no sótão.

Comprei o segundo  KEO K 302, funcionou de boa um ano e seis meses. Este morreu. Ficou sem memória, apagou o visor, não dava sinal nem recebia chamada.

Comprei o terceiro aparelho KEO K 302 nesse ano, ele funcionou quase normal por um mês quando decidiu não dar mais linha. Recebia chamada, demorava para dar sinal de linha e quando eu discava não deixava.  Na loja, a moça robô (repetia as mesmas coisas sempre), na minha primeira ida alegou que era a linha da Oi porque ela testou e o aparelho funcionou. Voltei pra casa, o aparelho funcionou por dois dias e trancou a ligação novamente. Voltei na loja, a moça robô me disse que demoraria uns 30 dias o conserto e pior, esqueci em casa o fio. Se a moça robô desempenhasse um papel de humana como de fato era, eu não teria imitado ela e igualado minha educação e o aparelho montado de forma esquisita teria ido para conserto (?) na KEO.   A maioria das mulheres do comércio provam a existência da TPM embora dizem que são treinadas para agir assim, daí eu completo, iguaizinhas a robôs só que um robô talvez oferecesse um cafezinho. 

Acho que deixei cair a NF de compra na loja, sei lá, voltei com o aparelho para casa e agora sem a nota..

Decidi abrir os três aparelhos.  Os dois antigos estavam montados conforme a foto da esquerda. Minha surpresa foi esse último que ocasionou um mal entendido na loja.  Qualquer leigo pode observar que não tinha como passar informações nessa coisa torcida. Na foto não aparece mas quando abrir essa malha estava com dobras. Uma vez aberto, fim da garantia!

Nos dois aparelhos antigos que estavam com defeito, apliquei um produto que chamo de milagre porque funciona de tal forma que ressuscitou os dois KEO que estavam para reciclagem.

Esta postagem não existiria se o comércio fosse mais humanizado e menos robótico.
PS. Não sou um robô.
(By Marlene Koch)


quarta-feira, 19 de abril de 2017

Magia Cósmica do Amor

Entre todos os seres que se movem no Planeta Terra somente os animais (não humanos) aprendem a magia cósmica de amor, respeito, humildade, gratidão e perdão, sem nunca terem lido um livro.

(Marlene Koch)


segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

1,99 Mercado de Palavras - Filme de Marcelo Masagão.

Produção : Gustavo Steinberg

Existem frases lindas tipo "Você é a única pessoa capaz de fazer o que você faz" só que,  não somos escritores, somos leitores nas horas vagas. Escritores também não vendem frases, vendem histórias.  Gente demais nas redes sociais oferecendo frases demais e sendo de menos na maioria dos casos. Hoje colocam palavras lindas para depois atirar pedras nos erros dos outros. "Erra dobrado aquele que julga" (ops... essa é minha).

A cena de uma mulher idosa vagando no mercado sem pegar palavras explica que ela viveu muita coisa (Guerras, inflação, trabalho duro, etc ), que vivenciou o surgimento da mini-saia, Elvis , passeios nas praças , noites olhando o luar etc ..... ela viveu. Sim, nossos pais nossos avos partilharam a vida, lutaram por ela. Eles viveram.

"Há um vazio nesse excesso de frases que as palavras não conseguem preencher."  (essa frase também é minha e essa é a moral do filme.)

 Vamos trabalhar e criar nosso futuro.

 a foto tirei da telinha enquanto rodava o filme. Nada aqui foi copiado da web. (By Mar)

domingo, 5 de fevereiro de 2017

ESCRITO NAS ESTRELAS – “THE STARS SHINE DOWN” Livro de Sidney Sheldon (1917 a 2007)

Copyright 1992 – Sheldon Literary Trust 

Tradução – A.B. Pinheiro de Lemos

A seguir, meu resumo do livro.
S.S dedicou esse livro a Morton Janklow, um homem para todas as situações.

Livro interessante de ser lido por incorporadores imobiliários. Donald Trump, presidente americano eleito pela maioria no congresso em 2016 é citado nesse livro nas páginas 131 e 179 com ênfase à página 178 onde está escrito que Trump e Uris aceleram as construções trabalhando nos diversos níveis ao mesmo tempo. Importante ressaltar que um incorporador imobiliário que foi escrito nas estrelas compra e constrói com DDO (dinheiro dos outros).

 A maneira segura e correta de construir um imóvel é concluir uma fase de cada vez: Nivela-se o terreno, depois começam escavar as valas para as fundações. Quando essa parte fica pronta, instala-se as tubulações de esgotos e serviços depois as formas de madeira para o trabalho de concreto, instalação das vigas de aço..... , eu que estou longe do ramo de construção não tenho nem ideia de como se faz isso tudo de uma única vez. Trump e Uris conseguem esse feito para apressar a entrega do edifício e economizar dinheiro e contar com a sorte para que o prédio não vá abaixo. (Foi Sidney Sheldon quem deixou isso escrito, não fui eu quem disse).

Agora, vou copiar a parte romântica do livro quando os edifícios são seduzidos pela chuva na página 285.

“O silêncio do quarto foi rompido por um repentino estrondo de trovoada lá fora. Lentamente, as nuvens cinzentas no céu abriram suas comportas e uma chuva fina passou a cair. Começou discreta e gentil, acariciando o ar quente com erotismo, lambendo os lados dos prédios, pingando sobre a relva, beijando todos os recantos escuros da noite. Era uma chuva quente, leviana e sensual, escorrendo devagar, muito devagar, até que o ritmo se acelerou e mudou para uma tempestade impetuosa, feroz e exigente, uma batida orgíaca num ritmo firme e selvagem, martelando com uma força cada vez maior, mais e mais depressa, até finalmente explodir numa sucessão de trovoadas. E de repente, tão depressa quanto se iniciara, a tempestade acabou.

Obs. Não copiei nada da internet por isso faço questão de tirar foto diferenciada do livro.

(By Marlene Koch)

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017