sexta-feira, 17 de julho de 2015

Filme TODA FORMA DE AMOR. (Beginners) Um filme gay ou não, tanto faz! Filme nota dez.

Amo filmes nostálgicos que retratam a vida tal qual como ela é.
A história de um vivente é mais daquilo que parece ser. Está nas coisas que gosta, na escada que sobe ou desce, nas gavetas que abre, nos livros que lê e principalmente nos animais de quem gosta que abre então outra cena que é a história do animal que o ama.
-
O forte do filme é o cachorrinho Artur que conseguiu ser o astro de todas as cenas das lembranças de Oliver. Não menos interessante, as lembranças de um pai que sai do armário aos 75 anos para ser o que sempre foi, gay! 
-
1:06 minutos do filme. Na lanchonete  a garçonete diz que cachorro não pode entrar então Ana diz -Se cachorro não pode ficar então nós também não (e foram embora) -Isso é muito eu!
-
O filme é rico em detalhes, copiei algumas poucas frases tipo:

"As pessoas são boas em parecer uma coisa e sentir outra coisa...." (todos carregam drama).
"É muito fácil acabar sozinho, é só abandonar as pessoas"

"Quando se sentir mal entre no seu quarto e grite por um ou dois minutos e vai se sentir melhor (e os vizinhos pior).
"Metade das pessoas acham que nada vai dar certo e a outra metade acredita em mágica" (Eu acredito na morte).

Escrito e dirigido por Mike Mills.
----------- O filme é bom demais.

Beginners estreou no Festival Internacional de Toronto, quando o Los Angeles Times o descreveu como um filme "sincero" e "inebriante", com um elenco que tem "um forte senso de responsabilidade com os seus semelhantes do mundo real.Christopher Plummer ganhou o Óscar de melhor ator coadjuvante por sua atuação. (Wikipédia)

Atores principais: Ewan McGregor, Christopher Plummer, Mélanie Laurent e o cachorrinho Artur.

Postar um comentário