terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Filme Uma Longa Viagem (The Railway Man) 2013, - 1 hora e 56 minutos (frases e fotos)


História real Baseada no livro Best seller de Eric Lomax (autobiografia)

O filme inicia com a fala de Eric Lomax –“No início dos tempos, o relógio bateu uma vez. Em seguida, deixou cair o orvalho e o relógio bateu duas. Desse orvalho cresceu uma árvore e o relógio bateu três. A árvore fez uma  porta e o relógio bateu quatro. Os homens nasceram e o relógio bateu cinco. Contagem um.. eis que estou à porta e bato!” (Entendo que nesse início o escritor se refere as torturas sofridas durante a guerra. Foi lá que ele ficou vivendo todos os dias o mesmo terror por anos).

Aos 34 minutos do filme Lomax fala aos amigos –“Os britânicos pensavam em construir uma estrada de ferro que seria feita por este caminho e completar uma linha que fosse da China à Índia. Se conseguissem as linhas teriam ficado junto a linha ferroviária do Canadá, do Pacífico, da Transiberiana e do Expresso do Oriente. –Porque não construíram? –Bem, uma estrada de ferro é um serviço duro, miserável, geralmente feito por trabalhadores imigrantes. As grandes galerias americanas foram construídas por camponeses chineses e até mesmo as britânicas foram construídas por irlandeses... mas as vezes, as estradas de ferro são difíceis de construir. São centenas de quilômetros até a Birmânia através de montanhas e os britânicos concluíram que construir essa estrada de ferro não seria um problema de engenharia mas de barbaridade extrema e de crueldade. As condições seriam tais que aqueles que não morressem desejariam morrer. Para construir seria necessário muito mais que emigrantes pobres, seria preciso um exército de escravos.”


Resumindo o final do filme, Erik Lomax soube que o tradutor japonês responsável diretamente pelas torturas sofridas estava vivo, só que, tempos antes,  Lomax conheceu Patti que o ajudou a enfrentar os pesadelos da guerra aplacando a chama da vingança. Torturado e torturador tornaram-se grandes amigos até a morte de Nagase em 2011. Penso que Lomax e Nagase foram abençoados. Escolher o perdão vindo da resignação é para grandes almas, não é qualquer um que consegue.

Distribuição Califórnia Filmes
Screen Australia in association with Silver Reel
Diretor Jonatham Teplizky
Elenco: Colin Firth, Nicole Kidman, Jeremy Irvine, Tanroh Ishida, Hiroyuki Sanada.

Erik Lomax 
30/05/1919 a 08/10/2012 Como alguém que passou por torturas na guerra pode viver 93 anos eu não sei mas os créditos de sua longa vida, com certeza foi de sua esposa.
(Copiei da net apenas a data de nascimento e falecimento de Lomax, no ademais, tirei do filme(em azul) minha opinião (em negrito)
(By Mar)
- Quem aprecia uma história da mesma forma que eu vai dar nota 10 ao filme.-

Postar um comentário