domingo, 22 de janeiro de 2012

ZANA - A INTERPLANETÁRIA (Luiz Carlos Carneiro)

Recebi esse livro do meu irmãozinho querido, Daniel Antena. Dan procura por suas irmãs Zanas enquanto sonhamos em voltar para ALOHA.
- No livro, antes do índice em página nenhuma da abertura, o poema do autor:
ZANA
Luiz Carlos Carneiro
Quando a noite se torna mais calada,
Quando todos em volta estão dormindo....
Quando a Lua passeia sublimada,
no vargedo de um céu sereno e lindo...
(saio do corpo... e corro a teu encontro)!


Transporto-me feliz, alma encantada.
(Mulher Interplanetária))
Para longe da Terra e vou sorrindo,
na certeza de achar a paz ansiada,
certo de ver meu sonho reflorindo!
(Trabalho contigo mulher maravilhosa).,


Longe dos encarnados, dos rumores
deste mundo cruel, de prantos e dores,
me sinto para a vida renascer....


E ao voltar para o chão, ledo e seguro,
sinto-me leve, puro...
Mais ansioso, Zana, de te amar e de viver.
----------------
Na pagina 63 Zana fala de algum lugar do umbral:
-Saiba dominar-se, irmãozinho e vencer a si mesmo. Vitorioso não é aquele que vence os outros, mas o que se vence, dominando  seus vícios e superando seus defeitos. A vitoria sobre si mesmo é muito mais difícil e quem consegue alcança-la pode ser classificado como verdadeiro herói. Aprenda a dominar -se e jamais desanime. Se desta vez não conseguiu, recomece e um dia sairá vitorioso. Deus te abençoe! 
----------------
Na pagina 86. no resgate da clareira Zana fala:
-O que passou, passou! Desse momento em diante, procure construir uma vida nova, na direção do Alto, caminhando para a frente, sem olhar para trás.
Faça como o SOL que se ergue a cada novo dia, sem lembrar-se da noite que passou.


Li o livro enviado pelo irmãozinho querido Dan, portanio,  
nada consta aqui que seja copiado da net.
Digitei.... pequenos pontos longe,  muito longe de Aloha.
- Letras em azul, pertence a viagem do autor no livro. No ademais, meus devaneios.
(By Mar)
Postar um comentário